Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Filhos Preteridos


Isso é uma realidade.
Em todos lares do mundo sempre haverá:

Os filhos preteridos e preferidos.

Atitudes não pensadas causam atritos, mágoas e rompimentos.

O que voce acha disso?




Leia este artigo: Folha.com

44 comentários:

  1. Infelizmente não querendo concordar mas concordando , rsrs, existe sim . Mas sabia que isto é bíblico? que temos vários exemplos na bíblia que comprovam isto? Em minha casa tenho um irmão que é o caçulinha da mamãe, e minha irmã do meu pai, ambos mais novos, o bom da história que mesmo nestas escolhas nos damos bem, o que impede alguns atritos, mas não evitam, rsrs..É difícil as vezes fazer de conta que não importamos, portanto que já houve sim várias discussões, hoje tranquilo, mas as vezes não messo força..rsr..

    Beijos Sissym

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curioso quando são 3 irmãos, sempre tem o filho "neutro".

      Beijos

      Excluir
  2. Olá Sissy,

    Sempre pensei muito no assunto, e descobri por convivio que por mais que não queiram dizer, pais fazem diferenciação entre os filhos.. conheço vários casos..

    A única exceção (claro) é de filho único...

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geraldo, eu vi comigo mesma, com amigos, tem vezes que chega a ser exagerada a predileção.

      Filho unico se salva! rsss

      Bjs

      Excluir
  3. Oi Sissym!
    Pais fazem diferenciação de filhos na grande maioria dos casos..a razão, não sei. Mas os meus pais NUNCA fizeram diferenciação entre eu e minha irmã..tudo sempre foi igual para as duas.
    Ah mostre a sessão cosplay da Equipe Rocket pra sua filha e depois me diga o que ela achou!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tsu, vou mostrar para ela no proxio FDS quando vai estar comigo novamente.

      Tem pais que são otimos, podem até se entender melhor com um do que outro, mas não deixam transparecer.

      Bjs

      Excluir
  4. Oi, Sissym! Eu concordo. Embora eu seja a filha caçula, meu irmão (homem e mais velho) sempre foi mais polpado e teve as melhores possibilidades. Mas encarei isso numa boa, só quando adolescente às vezes ficava chateada. Por outro lado ele sempre reconheceu isso e sempre me ajudou bastante em relação à minha filha. Acho natural que haja uma afinidade maior com um ou com outro filho, mas sem ultrapassar a barreira, de forma que pareça que amem mais a um do que a outro. Um abraço, fadinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia, afinidades são tão naturais e servem para qq relacionamento, seja de parentesco ou amizade. O que nao pode haver é um lado ser favorecido e o outro prejudicado. Isso, infelizmente, existe.

      Bjs

      Excluir
    2. Eu sou a preterida. E é muito triste e cruel isso.

      Excluir
  5. Acho que isso é normal, mesmo. Como você disse as afinidades são naturais. Claro que os pais preferem dizer que é um amor igual, mas impossível amar igual. Cada pessoa desperta um amor, um sentimento, uma emoção diferente. E as diferenças são as maiores pérolas da vida, porque nos faz crescer.
    Beijos
    Com amor,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flor Baez, nunca um amor é igual ao outro, então, nem mesmo pode ser igualzinho para cada filho, pq cada um é um mundo diferente.

      BEIJOS

      Excluir
  6. Sissyn eu acho que você está equivocada..não sei se é algo á ver com experiências que vc viveu ou que você observou. Mas no caso de minha familia, meus pais nunca fizeram diferença entre eu e minha irmã. Eles não fazem e deixam isso muito claro em ações, sentimentos e palavras. Talvez sejamos uma excessão mas não é porque a maioria dos pais fazem distinção entre os filhos que todos irão fazer. Pensando assim se você possuir mais de um filho, fará distinção entre eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tsu, o bom de ler seu comentario é saber que existem pessoas que nunca experimentarm uma vida diferenciada. Não estou equivocada, alias, existem pesquisas a respeito disso, como o link que indiquei.

      Eu tive um pai maravilhoso, muito justo, mas não posso dizer o mesmo de minha mãe, não que ela fosse 100% errada ou o que fosse. A maioria de meus amigos tambem passaram ou passam por isso, assim como os comentarios acima revelam.

      Beijos

      Excluir
  7. Amiga como você eu nunca vou esquecer porque esse tipo de amiga
    o lugar dela é no coração e tudo que está no coração para mim é eterno, inesquecível!

    Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos,
    não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos.
    Miguel Unamuno;
    Tive que ficar ausente por 3 Dias recuperando
    das fortes dores que ando sentindo.
    Agora aos poucos tentarei visitar todas minhas lindas amizades.
    Ficarei feliz e tremendamente agradecida se puder adquirir um livro meu
    talves nunca saberá o quanto você estará me ajudando.
    Mais certamente verá o quanto ,Deus vai te abençoar.
    Em breve vou postar a data da Bienal no meu blog será uma alegria imensa receber você
    em SP.
    Creia a vida é breve demais para deixarmos para amanhã aquilo ,
    que imaginamos não poder fazer hoje.
    Obrigada de todo coração por
    me amar da forma que sou,
    Beijos no coração e na sua alma,Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evanir, vou procurar saber como comprar o seu livro. Eu a conheço tem pouco tempo, mas pude aprender, observando, o quanto é especial e querida. Eu peço a Deus que lhe abençoe, dando as graças que precisa.

      BEIJOS

      Excluir
  8. Saudade menina!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Sempre delicioso ler o que você posta!!!!!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia, saí do dihitt e poucos amigos continuam falando comigo, no entanto, fiz muitos outros.

      Beijos

      Excluir
  9. Acho que quem opta por ter mais de um filho, tem que saber doar a mesma carga de amor, sem comparação de um para outro.
    Beijinhos de chocolate.
    Lua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lua, deveria saber, mas nem todos conseguem.
      É como amizade feita de afinidades.
      Beijos

      Excluir
  10. Oi Sissym.
    Então, eu respeito a questão de gosto musical, cada um tem o seu e esse é um tema que não se debate, como religião. Mas daí achar que punk seja algo “imitado” é uma conjectura errada. O punk tem diversas vertentes e foi criador de umas das ideologias e movimentos mais significativos que já ocorreram (para mim foi até melhor do que o hippie porque o punk se mantém ativo até hoje).
    E sobre seu post dos pais, eu simplesmente coloquei o que eu acho perante o que vejo com relação aos meus pais. Muitos fazem diferenciação mas não é todos.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto de voce, porque tem opiniao e isso é otimo pois é alguem que faz pensar. Eu lhe agradeço suas colocações, a sua participação é preciosa.

      BEIJOCAS estaladas.

      Excluir
  11. Olá Sissym,

    Vejo casos assim, infelizmente. Até posso entender quando o filho mais paparicado é doente.
    Na verdade, creio que na maioria dos casos existe uma certa diferença... uma afinidade diferenciada, mas penso
    que os pais deveriam cuidar para que ela não fosse transparente, pois a maioria dos filhos preteridos não conseguem lidar bem com a situação. Exprimem revolta
    e sofrem, ainda que calados.

    Ótimo início de semana!

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu percebo que a diferenciaçao na infancia é responsavel por problemas no futuro. E nada faz mudar para melhor quando o filho vai envelhecendo.

      Bjs

      Excluir
  12. Buen punto. ¿Qué hacer? La decisión la tienen que tomar los padres. Al final el progreso de una sociedad empieza en el núcleo familiar.
    Saludos
    David
    Pd: Visita mi nuevo blog de cine http://observandocine.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias David C, Tienes toda la razón. Voy a visitar tu blog.

      Bjs

      Excluir
  13. Sissim, seu título é 'filhos preteridos', mas quando tentamos considerar o assunto acabamos nos concentrando mais nos 'filhos preferidos': por que razão preferidos? Até que ponto preferidos? e por aí vai. Mas, e os preteridos? Será que inconscientemente também preterimos os preteridos? Sei lá.
    Cliquei ao link do presente post e li opiniões abalizadas, de profissionais. Isso ajuda a ver que as preferências são praticamente inevitáveis, e podem manifestar-se de diversas formas, com diferentes resultados. Que interessante!
    Segundo consta, até Deus tem lá suas preferências nítidas e manifestas entre os filhos. Se assim é, então essa coisa de preferência entre filhos nem sempre é tão injusta assim como nos parece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, é como o que gostamos ou não, preferencias. Por que somos obrigados a ter mais estreitamento pelos que pensam de maneira tão divergente?! O que nao pode, num caso familiar, é favorecer um ignorando os direitos dos demais.

      Usei preterido por questoes remotas que ouvia constantemente de uma pessoa e levei anos para entender (ou não!).

      BEIJOS

      Excluir
  14. Olá Syssim!
    Ah valeu pelo comment! Eu também gostei muito do seu blog acerca de tratar uns temas para fazer a galera pensar e debater...estarei sempre de olho nas postagens ^^. Gozado vc mencionar que aprecia minha opinião, tem muita gente que me critica kkkk.
    E sua filha? Gostou dos cosplays?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tsu, sempre tem quem gosta e quem critica. Faça o que voce sempre prazer. É isso. A minha filha gostou sim, disse que nao conhecia. Ela apreciou seu blog, achou muito "descolado"!

      Beijos

      Excluir
  15. Oi Sissym!
    Bom, o livro de Coraline eu consegui baixar na net, não lembro o site agora. Mas não deve ser difícil achar..e em livrarias grandes dá pra encontrar também..a animação, acho que em Lojas Americanas... mas em vez do desenho recomendo o livro. Sua filha também gosta de ler? Qual vcs compraram?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tsu, tenho muitos livros legais. Ela tem e adora a coleção da Madonna, são historias bonitas que passam lições e as ilustrações são maravilhosas.

      Beijos e obrigada.

      Excluir
  16. Olá, Sissym!

    Procurei seus blogues um por um, penso que é neste aqui que vc aparece com mais freqüência... Acertei? De qualquer maneira, o assunto agrada-me muito. Li a matéria na Folha e foi libertador saber que as preferencias são normais. Quando li a mateira até cheguei a compartilhar a notícia, recentemente fiz um post para uma coletiva e voltei ao assunto. É uma divulgação interessante, traz informações novas. Não é preciso concordar, mas refletir sobre isso é mesmo aconselhável para os pais. Bom, ao menos pra mim foi. Fiquei até mais leve... rs

    Um abraço, querida. Foi um prazer vir aqui.


    Michelle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michelle, algumas vezes pensamos que certas coisas só acontecem com a gente. Não é bem assim. O material, por exemplo, do link indicado é uma pesquisa interessante que aborda o tema tão delicado. Creio que ajude a aliviar pessoas como voce que se sentiam tristes com uma convivencia familiar dificil. Ninguem é perfeito, ser pai e mãe não dá um diploma de competencia, eu penso que por toda a vida cada um desempenhará um papel de eterno aprendiz. Cabe a humildade para perceber os erros e procurar os acertos.

      Beijos

      Excluir
  17. Oi Sissym, é a Vi,já observei pais tratarem uns filhos como filhos, e um como empregado da casa, ou fazer alguma discriminação nítida, e quando questionado sobre o comportamento os pais afirmarem que não estavam fazendo aquilo, inclusive passou um caso na Super Nany.
    Obviamente que em um relacionamento de pais e filhos ninguém gosta de ser preterido e isso gera magoas profundas que dificilmente vão ser reparadas, exatamente pela incapacidade dos pais de reconhecerem que praticam tal discriminação, pois só haveria mudança de comportamento quando se reconhecesse o erro e houvesse predisposição de mudança.
    Mas como disse o Renato Russo na musica pais e filhos:
    Você me diz que seus pais não lhe entendem.
    Mas você não entende seus pais.

    Você culpa seus pais por tudo.
    E isso é absurdo.
    "São crianças como você"
    O que você vai ser, quando você crescer?
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ameiiiiiiiiiiiiii o exemplo vindo da musica de Renato!
      É isso mesmo. Uma pena que as mágoas podem durar uma vida inteira, visto que uma vida inteira um dos pais ou ambos se negam a ver como agem de fato. Eu acho que sabem, mas não querem admitir.

      Bjs

      Excluir
  18. Olá , seu blog é muito bom, e desde já quero dar-lhe os parabéns, meu nome é: António Batalha, e quero deixar-lhe um convite, se quiser fazer parte de meus amigos virtuais no blog Peregrino E Servo ficarei muito radiante. Claro que irei retribuir seguindo também seu blog.Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que Seja feliz você e sua casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. António, já estou visitando seus blogs e com certeza será um prazer lhe seguir.

      Que Deus o abençoe tambem, hoje e sempre.

      Beijos

      Excluir
  19. Oi Sissym!
    Eu também adoro os denom,inados contos de fada. Claro que a Disney deu uma baita amenizada porque as obras originais são bem traumatizantes rs. A Bela e a Ferap retendo postar sessão cosplay em breve, garanto que vai gostar! Coleção de livros infantis da Madonna? Lembro vagamente de ter ouvido falar de algo mas não sei como é.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau... estou curiosa para ver pq é um dos contos que mais gosto!

      Sim, são 5 e maravilhosos!

      Beijos

      Excluir
  20. Já espreitei alguns dos seus blogues e... gostei da sua "onda", da linha que norteia as suas preocupações. Sensibilidade não falta, o que é muito bom.

    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AC que bom que gostou do que faço.
      Obrigada pelo elogio!

      Bj

      Excluir
  21. No meu caso é nítido que minha mãe ama mais minha irmã que eu. Sempre foi assim. Hoje, eu casada prefiro me distanciar para não sofrer mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente acontece, acredito nos seus sentimentos.


      Bjs

      Excluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada