Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

De cabeça erguida



A indiferença significa falta de interesse.

Quando começamos a perceber o desprezo, 

devemos acordar logo, 

isso dói, porque

ou acabou o amor (ou nunca houve),

ou foi apenas uma tórrida e breve paixão.

Como disse antes, parece temporal de verão!


Para mim tornou-se fácil, 

sou Fênix, sou Fada:

Única no meu gênero, a dos belos espíritos!



(por Sissym) 






60 comentários:

  1. Com certeza, Sissym, não foi amor. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas sao tao estranhas, agem de maneira sem se importar com os sentimentos dos outros.

      Beijos

      Excluir
  2. A indiferença dói, realmente. Mas também nos ensina a ter mais amor próprio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, é isso, é necessário, porque se não nos amarmos acima de tudo, a dor vira rancor. E rancor é muito ruim.

      Bjs

      Excluir
  3. A indiferença é um dos piores sentimentos.Mata aos poucos.
    Obrigado pela visita.
    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, ela entristece muito a outra parte. Ainda mais quando nem entendemos o motivo. Falar seria tao mais digno e facil, não é mesmo?!

      Bjs

      Excluir
  4. Sissym ,

    Fico contente que esteja seguindo meu blog .
    Através de seu comentário fiquei conhecendo mais uma poeta , para abrilhantar meu espaço .
    Serei presença constante por aqui .
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marisa, nossa! Voce me deixou tao feliz, visitou quase todos os meus blogs. É um doce.

      Beijos

      Excluir
  5. La indiferencia en el Amor es el primer paso para el desamor.
    Es cierto, tu eres un Hada y un ave fenix.
    ¡¡¡Gracias por estar siempre en mi blog y por tus deliciosos y cariñosos comentarios!!!
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No sé lo que más me duele es la indiferencia o la mentira que lo acompaña. Gracias.

      Bjs

      Excluir
  6. OI, Sumida!...
    Já estou sentindo a sua indiferença. Você é uma fada muito maldosa, mas eu não desisto de te visitar.
    Eu sou um pernilongo que vai lhe incodar sempre com o meu zum zum zum!
    Até a volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh amigo pernilongo,

      Depois que me entreguei a um vampiro e este depois de me deixar extasiada me largou ao relento, pode dizer o que quiser, pode beliscar à noite. Ao menos, não vai deixar escorrer muitas lagrimas.

      Beijos

      Excluir
  7. A indiferença e a falta de interesse, demonstram frieza, e desrespeito com quem ama; isso é ruim.
    Concordo, que se terminou é porque não era amor.

    O bom de tudo é sair de cabeça erguida, sendo forte e delicada, ao mesmo tempo, né amiga Sissym?!

    Fiques com Deus, amada!
    Beijos (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Sandra, é dificil, mas nunca devemos nos entregar às decepçoes e incertezas.

      Bjs

      Excluir
  8. Olá, Sissym...
    Vi você no Vida & Plenitude e vim por aqui...
    Gosto dessa expressão: De Cabeça Erguida!
    Bonito o que escreveu!!

    Beijos e Boa 4ª feira...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tambem te vi! Que bacana! Veio me ver!

      Obrigada! E para voce tambem!

      Excluir
  9. Querida, prefiro o seu lado Fada :) ):. Vou emigrar para lá, ok?
    Beijinho, minha linda
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhdoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

      Ruthia, o maximo! "prefiro o seu lado Fada, vou emigrar para lá, ok?"

      Adorei isso! Sim, kkkkkk tô te esperando sorrindo!

      Bjs

      Excluir
  10. Eita!,
    Não há coisa pior...
    Faltou o lada bruxinha... rsrs
    Está lindo este espaço.
    Beijo querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth,

      E quem disse que toda Fada não tem um lado de bruxa?! kkkkkkkk

      Beijos

      Excluir
  11. great line, i always find great stuff form you. thank you for that From Bad Day

    ResponderExcluir
  12. Hoje amanheci pensando no refrão de uma letra de Gonzaguinha:
    Viver!
    E não ter a vergonha
    De ser feliz
    Cantar e cantar e cantar
    A beleza de ser
    Um eterno aprendiz...
    Para mim este mantra é a receita para uma viver fecundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos mesmo aprendizes, ainda bem!

      Amei sua visita! :)

      Excluir
  13. Não suporto a indiferença...Melhor ficar só logo! Amei o poema
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  14. Ninguém merece a indiferença!! Lindo te ler! beijos,chica e ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  15. Sissym, eu acredito que nos dia de hoje agente tem que amar, sem se apegar, embora isso seja praticamente impossível, mas necessário. As pessoas estão muito egoístas e incessíveis, amar nos dias de hoje é como caminhar em campo minado, é difícil definir onde pisar com segurança.

    Abraços Sissym

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vivo me dizendo isso, cobro em nao me apegar, mas sou pura emoção, fica dificil.... é mesmo, campo minado. Vc disse tudo.

      Marcos, BEIJOS!

      Excluir
  16. Achei seu blog de muito bom gosto.
    Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

    Beijos
    Ani

    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ani,

      muito obrigada, farei esta visita.

      Beijos

      Excluir
  17. Sem haver reciprocidade, no amor...é difícil, que resista.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Lucia,
      Obrigada por ter vindo me visitar, adoro surpresas e a sua veio para me alegrar.

      Bjs

      Excluir
  18. Olá Sissym! Puxa... Belo poema. Carregado de emoção.
    Realmente pra ter amor, tem que existir uma via de duas mãos, não dá pra só amar e não recebr nada em troca. Apesar daquele ditado que diz que é dando que se recebe... Mas se nunca se recebe nada, acho que o amor não resiste. Aí tem mesmo que renascer das cinzas e partir pra outra!

    Um beijão, fica com Deus, e tenha uma linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje, Andre, vi uma cena no barco onde estava (eu moro numa ilha) e lembrei muito deste post. E o que voce diz tambem tem a ver com o que ouvia e refletia. Amor é dar, em troca, somente o respeito.

      Bjs

      Excluir
  19. .


    Saudade de suas palavras,
    do seu doce olhar e do sor-
    riso que insinua boas-vindas.

    Beijos,

    silvioafonso








    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste caso, querido Silvio, não insinuarei, mas direi: eis sempre benvindo!

      Beijos

      Excluir
  20. que lindo esse poema, me vi nele :(
    a indiferença eh doida demais... ja passei por isso.
    bjooooo amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meg,

      Amei sua doce visita. Sim, a indiferença normalmente nao a compreendemos, as pessoas são doidas demais!

      Bjs

      Excluir
  21. Verdade a indiferença machuca muito mesmo...

    Adorei o poema, parabéns !!!

    Bjus 1000 lindona 1!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pepa, adorei sua visita, sempre motivo de alegria!

      Bjs

      Excluir
  22. É sempre com muito gosto que passo por aqui.

    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  23. .


    Peça para que brigue comigo,
    fale de mim, mas que não se
    esqueça de como eu sou, de
    como eu fui ou poderia ter
    sido, com ELA.

    Beijos,

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi bom? Poderia ter sido! É isso!


      Bjs

      Excluir
  24. Passando para desejar uma terça-feira cheia de alegria.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ani, muito obrigada, para voce tambem!

      Excluir
  25. Sou fênix, sou fada... me desculpe o palavrão mas, vc além de tudo, é foda! hahahah Lindo como sempre querida. Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ameiiiiiiii kkkkkkkk voce é demais!

      Beijos

      Excluir
  26. Mas, bem vistas as coisas, até Fénix se cansa de renascer.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  27. Estou tentanto andar de cabeça erguida! Preciso confiar mais em mim!

    Saudades de vc, minha linda!Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adeladia, dependendo das circunstancias, muitas vezes desacreditamos no nosso potencial. Respire fundo.

      Bjs

      Excluir
  28. É essa a essência do bem estar, a pedra basilar do prazer, o sentir-mo-nos bem connosco.
    bjs

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada