Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 20 de abril de 2014

Diferença e diferenças

No dia-a-dia
lidamos com pessoas 
que fazem diferenças 
e não a diferença.

*

Isso não é bom.

 

In day-to-day, 
we deal with people 
who make differences 
and not the difference. 

*
This is not good.

Sissym

32 comentários:

  1. Profunda verdade! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Texto intenso e que faz pensar à beça...
    A diversidade é importante e saudável... Porém, penso que há coisas que são essenciais na vida de uma pessoa e quando as diferenças comprometem esta "essencialidade", é nocivo/não é bom...

    Um Abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anete, faz pensar e muito. É duro, é cruel, e é a verdade.

      Voce escreveu muito bem, obrigada pelo seu otimo comentario.

      Bjs

      Excluir
  3. Verdade amiga concordo com a frase
    perfeita mesmo, é isso ai com as pessoas
    Deixo um abraço de boa semana

    Bjuss
    Rita!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sissym!
    Existe a diferença de perceber o que se aplica a cada pessoa e situação, isso seria um sinal de empatia, respeito... mas esse fazer diferenças, no sentido de exclusão, discriminação, julgamentos, não acrescenta em nada para as pessoas e a sociedade.
    Já para fazer a diferença é preciso disposição e um grande sentimento de justiça neutra. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia,

      eu vejo até entre as crianças a indiferença e discriminação, penso que aprendem com as pessimas atitudes dos adultos.

      Bjs

      Excluir
  5. Sissym, temos que refletir bem, mas você tem razão. Bonitinha e inteligente minha amiga querida! Valeu!
    Um beijo com carinho,
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manoel,

      Obrigada, adoro receber suas visitas.

      Bjs

      Excluir
  6. Nem me fale, conheço gente demais assim, que causa diferenças, diferendos e discussões sempre que estão por perto. Sugam toda a nossa energia.
    Sábia fadinha.
    Beijinho, uma doce semana
    Ruthia d'O Beçro do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, querida Ruthia, eu tambem!
      Sugam mesmo nossa energia, temos que vigiar e orar.

      Bjs

      Excluir
  7. Oi Sissym! Que blog maravilhoso você tem! Que bom que o compartilha conosco. E como adoro tudo isso aqui, vim te deixar um prêmio do meu "Coração de fera," fique à vontade em participar ou não, viu? Podes presentear seus amigos também. Um beijão minha linda!!!

    ResponderExcluir
  8. É verdade Sissym, e isso é triste, constrangedor, mas infelizmente é uma realidade. Vamos fazer a diferença com justiça, respeito, sinceridade, honestidade, amor e tudo de bom que Jesus nos ensina, com seu exemplo.
    “Porque para com Deus, não há acepção de pessoas” (Rm. 2:11)
    Um grande abraço, amada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito mesmo, por isso temos que ter cuidado como lidar com situações e pessoas.

      Beijinhos

      Excluir
  9. Infelizmente é uma verdade no mundo de hoje! Bela postagem! bjs,

    ResponderExcluir
  10. Li acima, que vês crianças fazendo diferenças e eu também vejo muitas; fazem diferenças até com os coleguinhas, e infelizmente, ainda bem pequenas. Mais isso, amiga, é fruto do meio em que vivem, principalmente do meio familiar. Se vêem os pais com atitudes dessas, como podem elas agirem de maneira diferente. Por muito que os professores façam o exemplo tem que ser dentro de casa. Um beijinho, amiga e obrigada por abordares este assunto, tão comum neste século de tantos avanços em todas as áreas. Neste e noutros aspectos tão importantes continuamos no mesmo lugar....pouco se avançou. Uma boa semana!
    Emília..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emília,

      Certamente as crianças aprendem o bom ou o ruim de cima para baixo, dos mais velhos aos menores.

      Tenho que abordar mesmo temas assim, porque leio muitas palavras bonitas, vejo otimas intenções, mas os atos.... são divergentes.

      Bjs

      Excluir
  11. Amiga, boa noite! Muito boa sua colocação. Creio que fazemos a diferença quando respeitamos a nós mesmos e ao próximo.É difícil conviver, mas é importante existir o respeito, a harmonia. Quando temos atitudes saudáveis, podemos fazer toda a diferença no mundo.Abraços, amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adeladia,

      Temos que mostrar aos mais jovens bons modos, respeito, educação e amor ao proximo.

      bjs

      Excluir
  12. Cada vez mais diferenças num mundo que já nem sabe distinguir liberdade de liberdades.
    Para refetir Sissym.
    E a propósito do braço, também está a acontecer o mesmo comigo.. Tento ser pontual mas não dá. Mas sabemos que nos encontramos sempre!
    As melhoras com
    beijinho meu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu,

      esta dorzinha chata é o mal do século, muito trabalho e sedentarismo.

      Obrigada!

      Excluir
  13. Oi Sissym,
    Puxou as orelhas, as diferenças serão iguais debaixo da terra, porque aqui em cima existem as diferenças até nas escolas, digo isso, pois lecionei para os pequeninos durante 34 anos.
    Quanta petulância, nós não somos nada.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dorli, obrigada. Não somos nada e infelizmente, eu sei que isso acontece desde cedo, desde a infancia, os pais ensinam o certo e o errado.

      Bjs

      Excluir
  14. Um texto curto e directo.
    É bem verdade. Faz diferença que não se pratique mais "a diferença".

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sónia, muito obrigada pela visita e comentario.

      bjs

      Excluir
  15. Oi Sissym,
    Passando para lhe desejar uma linda noite e amanhã vou colocar uma postagem para todas as mães: naturais ou adotivas
    Obrigada pelo carinho
    O M G, eu não sou muito romântica, sou atenciosa demais.kkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada